Água

700 embarcações esperam que haja vento para velejar no rio Lima

A V edição da Semana do Atlântico espera encher o rio Lima com 700 Optimist, se a meteorologia o permitir, numa prova que começa esta sexta-feira, dia 26, e só termina na semana seguinte, dia 4 de novembro, em Vigo.

Na etapa que decorre em Viana do Castelo, estando em disputa o V Troféu Cidade de Viana do Castelo, a prova começa na sexta-feira, dia 26, às 13h. Prossegue sábado e domingo, com início às 11h. Se o vento o permitir, a organização espera ter 700 embarcações Optimist a velejar na foz do Lima. Caso contrário, a praia Norte também será local de observação da competição.

A Semana do Atlântico surgiu há cinco anos, fruto de uma parceria entre o Clube de Vela de Viana do Castelo e o Real Clube Nautico de Vigo. Desde então tem crescido “em contraciclo” com a realidade da vela em Portugal, garante o presidente do clube vianense António Cruz. Este ano a capital do Alto Minho espera 250 atletas, representando 41 clubes, oriundos de sete países.

Os jovens velejadores, esta classe da vela é recomendada para crianças e adolescentes entre 7 e 15 anos, viajam maioritariamente de Portugal (de norte a sul e ilhas) e Espanha, mas também da Bélgica, Noruega, Letónia, Índia e Moçambique. “Mantivemos um princípio de trazer um clube africano. No ano passado foi de Angola, este ano temos de Moçambique”, revelou o presidente do clube na cerimónia de apresentação do evento que decorreu esta terça-feira, dia 23, na autarquia de Viana.

O Clube de Vela de Viana do Castelo participa com 13 atletas nesta prova, que prossegue no fim-de-semana seguinte em Vigo.

 Topo