Futebol

Cardielense cede pontos e perde liderança

Arquivo SUC

Em jogo a contar para a 27ª jornada da II divisão da AFVC, o Cardielense recebeu no seu campo a formação do Âncora Praia que conseguiu arrecadar um empate a duas bolas e que fez com que o Cardielense caí-se para o segundo lugar da competição.

Duas boas equipas, muita afluência do público, quer da casa quer visitante, ao campo dos Monções e tudo pronto para mais um bom jogo na segunda divisão. Desde cedo se pôde ver duas equipas determinadas em marcar cedo.

Por isso, pouco tempo decorrido desde o apito inicial, o Âncora teve em seu poder a primeira oportunidade de golo do encontro. Após a ocasião proporcionada pelo ataque dos visitantes, o Cardielense despertou mais para o jogo e começou a praticar o seu melhor futebol, o que fez com que o adversário tivesse de recuar um pouco no terreno para travar as investidas dos locais.

Apenas tinha decorrido um quarto de hora e surge o primeiro golo na partida. Jogada pela direita do ataque do Cardielense, onde Miguel Gaspar cruzou para o segundo poste, e apareceu José Viana a inaugurar o marcador.

O Cardielense foi de imediato à procura do segundo golo mas, apesar das ocasiões criadas, não conseguiu manter a vantagem até ao tempo de intervalo. Aos 36 minutos, na sequência da cobrança de um livre perto da linha de meio campo, Xavi apareceu dentro da área e restabeleceu a igualdade na contenda. Este resultado não se voltou a alterar até ao intervalo.

No segundo tempo as duas equipas voltaram fortes e pressionantes havendo mais contacto e mais agrecividade na busca da posse de bola, ao mesmo tempo o juiz da partida começou a ir mais amiúde ao bolso e a gerar, por vezes, contestação nas bancadas por parte dos apoiantes das duas equipas.

Foi preciso esperar pelos 73 minutos para ver as redes balançarem novamente. O recém entrado Márcio Mina apareceu dentro da área a desfazer a igualdade e a colocar novamente o Cardielense na frente do jogo.

Após o golo, a equipa do Âncora teve de correr atrás do prejuízo e por pouco não ia deitando tudo a perder. A faltarem cerca de sete minutos para o final do tempo regulamentar, na saída para o ataque, a equipa visitante perdeu a bola ainda no meio campo defensivo, levando a formação orientada por Joaquim Passos a criar superioridade numérica perante a defensiva adversária. No entanto, o atacante do Cardielense só com o guarda-redes pela frente não conseguiu melhor que atirar ao lado da baliza do Âncora.

Como diz o ditado quem não marca sofre e foi mesmo o que aconteceu. Aos 86 minutos o camisola 11 e capitão de equipa do Âncora, Garcez, apareceu dentro da área do Cardielense empurrando para o fundo da baliza de Fonseca e restabelecendo, assim, a igualdade no marcador.

Até ao final do encontro o Cardielense ainda tentou voltar a marcar, no entanto não foi possível dada a organização defensiva do Âncora Praia.

Para a história do jogo fica o resultado 2-2 que espelha o equilíbrio em campo entre duas boas equipas e um bom espetáculo de futebol para aqueles que se deslocaram até ao campo dos Monções.

 

SU Cardielense 2Hugo Fonseca (Gr.), Vítor Viana, Daniel Viana, André Viana, Paulo Pereira, Fábio Silva, Fábio Ribeiro (Marcio Mina, 72m), João Branco ©, José Viana, Diogo Ferreira (Domingos Martins, 86m), Miguel Gaspar (Lionel Varandas, 77m)

Âncora Praia FC 2
Tiago Brás (Gr.), Paulo Garcez © (Mike, 90+3m), Alcindo Neto (Jardel, 83m), Tila, Nandinho, Ivo Gonçalves, Pakatô, Xavier Gonçalves, Pedro Figueiras (Manuel, 74m), Bruno Guerreiro, Marc PortoDisciplina

 

Disciplina
Amarelo
Hugo Fonseca, 43m; Fábio Ribeiro, 47m; Alcindo Neto, 64m; José Viana, 64m; Marc Porto, 70m; Xavi Gonçalves, 76m;

 Topo