Ciclismo Volta a Portugal

César Fonte continua focado na vitória da equipa da W52-FC Porto

A equipa da W52-FC Porto continua no bom caminho na 80ª edição da Volta a Portugal em bicicleta. Raúl Alarcon voltou a vencer e continua líder da geral, envergando a camisola amarela, volvida a 4º etapa que ligou a Guarda à Covilhã (Penhas da Saúde), a primeira chegada em alto.

Como tínhamos perspectivado a etapa de hoje começou a cavar algumas distâncias consideráveis entre o pelotão da Volta a Portugal e Raúl Alarcon apresenta-se em boa forma para fazer a dobradinha na Grandíssima.

A seis quilómetros da meta, Raúl apanhou o português Joni Brandão (do Sporting de Tavira) e resolveu continuar sozinho, sendo que os últimos quatro quilómetros fê-los isolado. Foi mais uma exibição de força do espanhol que tem agora 52 segundos de vantagem sobre Joni Brandão que subiu ao segundo lugar.

A etapa número quatro foi percorrida em 4h02m19s, um ritmo ligeiramente mais elevado do que nos dias anteriores. O vianense César Fonte chegou passados 21m54s.

No balanço diário exclusivo ao Desporto em Viana, o atleta vianense explicou como a etapa correu de feição à equipa portista.

“Hoje voltamos assumir o comando do pelotão na defesa da liderança do Raúl. Sabíamos que hoje era etapa muito importante para classificação geral e, por isso, encaramos com grande responsabilidade o dia. Controlamos bem a fuga do dia e na subida às Penhas levamos sempre em boa posição o Raúl até ele voltar a fazer a diferença. Foi mais um dia perfeita para a toda a equipa da W52-FC Porto”.

Quanto ao seu próprio desempenho adiantou: “pessoalmente voltei a fazer o meu trabalho perfeitamente e tive boas sensações durante todo dia o que me permitiu trabalhar bem em prol do objetivo da equipa. Fiz o meu trabalho até à Covilhã e depois desliguei a pensar já na etapa de amanhã. Os próximos voltaram a ser de muito trabalho”.

Precisamente, César Fonte fez o nono lugar no prémio de primeira categoria nas Penhas Douradas, em substituição da torre.

Antes do dia de descanso, já amanhã há mais uma etapa do Sabugal a Viseu, num total de 191,7km, com duas contagens de terceira categoria.

Por equipas continua a liderar o Sporting de Tavira que tem quatro atletas nos primeiros quinze classificados da geral.

 

 Topo