Ciclismo Seniores

César Fonte vence última prova da época

O vianense César Fonte, W52-FC Porto, foi o grande vencedor da última etapa para a atribuição da Taça de Portugal de Elites e sub 23. Esta tirada ligou Anadia a Murtosa, num pelotão com cerca de 80 participantes e 151.6km.

O atleta de elite, natural de Vila Franca, venceu a última prova pontuável para atribuição do título de campeão da Taça de Portugal com o tempo de 3:33.30. Ainda assim, não saiu com o título de campeão nacional, mesmo com os 75 pontos que lhe foram atribuídos, somando no total 77 pontos que lhe deram direito ao 10º lugar.

Durante  corrida, muitas tentativas de fuga e, com o aproximar da meta, César e Jacobo Ucha (Fortunna/Maia) puseram-se em fuga. Foi aí que o vianense levou a melhor sobre o adversário e deixou o pelotão com 29 segundos de distância.

Em declarações exclusivas ao Desporto em Viana confidenciou: “na verdade, após a Volta a Portugal, eu estava física e psicologicamente muito cansado. Os treinos nunca mais foram os desejados apesar de na semana antes da competição realizar dois ou três treinos bons, agora sinceramente nunca pensei vencer a última corrida do ano. Acabei por integrar uma fuga de dez ciclistas que se formou na última montanha, alguns deles estavam na luta pela Taça de Portugal e com o percorrer dos quilómetros fui acreditando que íamos chegar todos. O pelotão perseguiu forte e o entendimento na frente começou a não ser o melhor e então decidi atacar, não tinha nada a perder. Fui acompanhado por um ex-colega de equipa e o entendimento foi perfeito. Acabamos por fazer os últimos vinte quilómetros juntos e discutimos a corrida entre nós e eu acabei por levar a melhor. É sempre importante vencer, no profissionalismo a competitividade é muito alta e é sempre muito difícil ganhar. Acaba por ser mais uma vitória que ajuda a abrilhantar uma época que foi muito boa para mim e para toda equipa da W52 FC Porto”.

David Rodrigues (Rádio Popular-Boavista) e Francisco Campos (Miranda-Mortágua) conquistaram a Taça de Portugal Jogos Santa Casa na categoria de elite e sub-23, com 156 e 140 pontos, respetivamente.

A Taça de Portugal para equipas continentais foi vencida pela Rádio Popular-Boavista, enquanto a Fortunna/Maia se revelou o conjunto mais regular entre as equipas de clube.

 

 

 Topo