BTT

David Vaz vence Gran Fondo Ézaro

Facebook oficial Gran Fondo Ézaro

O vianense David Vaz, natural de Vila Franca, a representar a Reabilitar Viana/InOutBuild/Blisq Creative venceu o Gran Fondo Ézaro, em Espanha, prova da World Series da União Ciclista Internacional (UCI) e que servia de apuramento para o campeonato do mundo em Varese (Itália).

Entre 1400 participantes, o português David Vaz demorou 4 horas e 13 minutos a percorrer os 140km do percurso mais longo, sendo que a subida ao miradouro de Ézaro, um percurso difícil com apenas 1,8km de comprimento mas com inclinação de 14% a 30%, foi feito em apenas 9 minutos e 38 segundos. O segundo classificado ficou a mais de um minuto do vianense.

“Sabia que tinha uma palavra a dizer no final e tinha de ser inteligente durante a prova pois eu estava a correr sozinho enquanto havia equipas com seta a oito atletas”, explicou ao Desporto em Viana David. Acrescentou ainda, “isto serviu como teste à minha atual forma e claro sendo uma prova internacional UCI é sempre muito importante ganhar para mim e para a minha equipa, ainda por cima numa subida mítica como é o Mirador de Ézaro”.

Analisando o percurso, o vianense avançou também que “a prova era constituída por um sobe e desce constante e onde ao quilómetro 50 se formou um grupo de quatro atletas na frente onde estava eu e trabalhamos juntos até cerca de 35 kms do final. Aí havia uma contagem de primeira categoria de oito quilómetros com rampas de 15% e ficámos só dois atletas onde rolamos juntos até entrar na subida final. A cerca de dois quilómetros da meta consegui ficar isolado devido à enorme dureza da subida final e consegui vencer com cerca de um minuto de vantagem para o segundo classificado.

Apesar de ter garantido o apuramento para o campeonato do mundo, que decorre no início de Setembro, David Vaz não vai participar. “Com a vitória fica o apuramento garantido, mas não tenho como objectivo pois o meu objectivo é focar-me para o Tour de Timor que se realiza de 4 a 8 de Setembro, por isso não estarei presente no campeonato do mundo.

Esta é a única prova de Grand Fondo da UCI que decorre em Espanha, contando, este ano, com um recorde de inscritos, em representação de 12 nacionalidades.

Marta Dieguez venceu nas as restantes opositoras com um tempo de 5 horas e 9 minutos.

 

 

 

 Topo