Hóquei

Escola Desportiva de Viana cai na 2ª eliminatória da Taça

Em ano de estreia da equipa sénior, a Escola Desportiva de Viana  (EDV) não foi feliz na visita à Escola Livre de Azeméis para a 2º eliminatória da Taça de Portugal. Os vianenses perderam por 7-0.

Isenta da 1ª eliminatória, a EDV almejava passar à fase seguinte, mas tal não foi possível numa partida em que os vianenses ficaram em branco. O técnico Passos Lomba afirmou ao Desporto em Viana que o resultado não espelha o que a sua equipa produziu.

“O jogo resume-se de uma forma simples. A EDV, à imagem do jogo de Fânzeres, mostrou dificuldades de adaptação ao ringue, em cimento. Essas dificuldades geraram algumas situações menos acertadas permitindo ao adversário a concretização de algumas dessas situações em golo. Não vivemos apenas de situações menos acertadas e, quando o contrário acontecia, conseguíamos jogar o nosso hóquei, colocar as nossas situações em ringue, mas a felicidade da concretização não aconteceu. Basicamente apenas posso dizer isto, pois é a parte que eu como treinador e os jogadores como equipa podem dominar. Não vou questionar a vitória adversária, ainda assim de forma alguma o resultado reflete a diferença entre as duas equipas. Há fatores que não podemos dominar que marcaram a eliminatória que foi jogada”, entristeceu-se Passos Lomba referindo-se à equipa de arbitragem que foi prontamente contestada pelos vianenses, mas sobre a qual não se quis alongar.
Com este resultado os vianenes focam-se agora no campeonato nacional da 3ª divisão, zona A, numa altura da Taça de Portugal em que vão entrar as equipas da 1ª divisão.
 Topo