Hóquei

Juventude de Viana nos quartos da Taça após prolongamento

Juventude de Viana

O Parede FC, que milita na II divisão do campeonato nacional de hóquei em patins, foi um obstáculo difícil de ultrapassar para a Juventude de Viana que só assegurou a vitória no prolongamento (4-5) no jogo dos oitavos de final da Taça de Portugal.

Ao intervalo o placard cifrava na margem mínima a vantagem dos vianenses, com o golo apontado com Gonçalo Suíssas (1-0).

No segundo tempo o jogo subiu de interesse, com  a reação do Parede, e as dificuldades para a favorita Juventude de Viana foram também chegando, pois andou sempre até do resultado até ao último minuto.

Com duas bolas paradas, livres diretos, os locais passaram para a frente (2-1) obrigado a Juventude de Viana a correr atrás do prejuízo, após os golos de Manuel Coimbra e Afonso Sousa.

Também de livre direito a Juventude podia ter empatado, mas Viana não conseguiu despeitar o guarda redes do Parede, tal qual Gustavo Lima, já depois da equipa da casa fazer o 3-1, por José Gago, acrescentando ainda mais dificuldades à recuperação dos minhotos.

Faltavam 2m, a Juventude de Viana ia carregando e o Parede gerindo a almofada que tinha conseguido nesta partida a eliminar. O golo de Francisco Silva, de livre direto, chegou na hora “h” para relançar a Juventude de Viana na partida (3-2).

Sem nada a perder, os vianenses arriscaram tudo, com a possibilidade de ficar pelo caminho numa prova em que desejam chegar à final four. Perto de 1m do fim, Manuel Coimbra poderia ter matado o jogo e colocar, surpreendentemente, o Parede nos quartos, porém não converteu um livre direto. Foi a Juventude de Viana, numa altura em que abdicou de Bruno Guia na baliza, a levar o jogo para prolongamento, com o golo de Gustavo Lima (3-3).

A equipa de Viana do Castelo jogou a cartada final nesse período e de bom grado viu chegar, de rajada, dois golos de Luís Viana que fizeram, finalmente, a Juventude passar para a frente (3-5). De grande penalidade os locais ainda tentaram resposta com o golo de José Gago (4-5), mas não tiveram mais argumentos, numa altura em que o treinador Pedro Gonçalves e o jogador Rodrigo Godinho já tinham visto a cartolina vermelha.

Após uma passagem sofrida, na condição de favoritos, a Juventude de Viana defronta nos quartos de final, a 4 de Maio, o vencedor do jogo entre o Campo de Ourique e o Benfica.

 Topo