Água

Luso Galaico sopra 20 velas

Arquivo DEV

O Surf Clube de Viana (SCV) organiza o XX Luso Galaico na praia da Arda, em Viana do Castelo, nos próximos dias 22 e 23 de setembro. Este clássico ibérico, que é um dos campeonatos regulares mais antigos da Europa, celebra o 20.º aniversário onde as estrelas são os melhores surfistas portugueses e galegos, bem como representantes de seis cidades membro da World Surf Cities.

A edição deste ano do Luso Galaico (LG) contempla três modalidades num único fim de semana: surf, bodyboard e longboard.

Para João Zamith, presidente do SCV, “o LG irá, mais uma vez, potenciar a cooperação e a competição e promover o surf, o bodyboard e o longboard”.

Esta, que é a segunda prova do Viana Surf City Fest, funcionará como uma antecâmara tanto para o Pro Junior World Championship como para o APB World Bodyboard Championship (Mens’s), que acontecem entre 26 e 30 de setembro, na praia da Arda. Assim, o bodyboarder vencedor do LG receberá um wildcard de entrada direta para o Mundial de Bodyboard, que encerra o Viana Surf City Fest.

Todos os vencedores receberão estágios de treino de competição no Centro de Alto Rendimento de Surf de Viana do Castelo.

Esta prova é homologada pela Federação Portuguesa de Surf (FPS) e pela Federación Galega de Surf (FGS). A World Surf Cities estará representada por seis cidades: Arica, no Chile, Durban, na África do Sul, Santos, no Brasil, Viana do Castelo e Ericeira, em Portugal, e San Sebastián, no Pais Basco espanhol.

O SCV organiza este campeonato de forma contínua desde 1998, com exceção do ano de 2012 por motivos de restrições de “financiamento” impostas pela Troika. O LG é um dos campeonatos europeus mais antigos. O que começou como um projeto académico acabou por ser uma importante ferramenta de cooperação, sobretudo entre o Norte de Portugal e a Galiza.

 Topo