Surf

Mundial de Bodyboard volta a superar expectativas

RC

O sul-africano Iain Campbell e o júnior canário Lionel Medina foram os grandes campeões do Viana World Bodyboard Championship 2017.

Durante cinco dias, cerca de 70 atletas de todo o mundo competiram nas ondas da Praia da Arda por um lugar no pódio. Uma prova animada que, de acordo com Terry McKenna, tour manager da Associação de Bodyboarders Profissionais (APB), superou as expectativas. “Foi a melhor competição até o momento que Viana já fez. A estrutura, o web cast, a equipa, tudo o que estava relacionado com o evento tem sido incrível. Este ano, tivemos algumas ondas muito desafiantes, mas também algumas ondas incríveis. Em geral penso que este é o melhor ano de Viana”.

Os resultados não surpreenderam muito. Iain Campbell venceu o francês Pierre-Louis Costes na final da categoria Men. O sul-africano venceu pela segunda vez consecutiva em Viana do Castelo e mostrou-se contente pela vitória “Estou tão feliz por voltar a ganhar aqui. A única maneira de melhorar a minha situação na corrida pelo título mundial era ganhar este evento e eu fi-lo”, disse o vencedor. O segundo, terceiro e quarto lugar do pódio na categoria Men foram respetivamente para Pierre Louis Costes (FRA), Uri Valadão (BRA) e Lewy Fennigan (AUS).

Já na categoria Pro Junior, o atleta das Canárias, Lionel Medina, foi o grande vencedor ao derrotar na final o francês Noah Capdeville. “Ainda não consigo explicar o que sinto, mas estou muito feliz. Nunca pensei que estaria aqui, na APB e em competições a nível mundial”, disse o campeão da categoria. O 2º lugar foi alcançado por Noah Capdeville (FRA), seguido de Ethan Capdeville (FRA) e Joaquim Soto (CHI).

Teve também grande destaque na prova Dave Hubbard, oito vezes campeão na categoria de Dropknee, que fez a melhor onda da etapa com 9,25 pontos.

A Semana Europeia do Desporto levou jovens à praia

A segunda etapa da “Triple Crown” portuguesa teve novidades em relação ao ano passado. Para além do campeonato do mundo, a Praia da Arda recebeu, em alguns dos dias da competição, atividades com alunos de várias escolas de Viana do Castelo inseridas na Semana Europeia do Desporto. Foram cerca de 600 as crianças e jovens que passaram pela praia e tiveram a oportunidade de, não só observar e conhecer alguns dos melhores bodyboarders do mundo, mas também realizar diversas atividades desde voleibol, futebol, raquetes, badminton ou papagaios. Nas palavras de Mário Martins, um dos professores presentes no evento, a oportunidade dada aos alunos foi única. “Não é todos os dias que temos aqui campeões mundiais de bodyboard. O facto de existir este contacto, (…) passar-lhes esta mensagem de que são atletas que treinam, que passam por fases de superação, e que é isso que eles também têm que fazer no dia a dia, é muito importante. Os nossos alunos são praticantes de desporto escolar de bodyboard, e o facto de perceberem que podem apostar nisto, de perceber que isto é um trajeto, e que tudo é possível é ótimo.”.

A lenda viva do bodyboarder, o havaiano Mike Stewart, esteve também presente nas atividades com os alunos das escolas do município assim como em todo o campeonato. O atleta de 54 anos esteve disponível para fotografias e autógrafos, e mostrou-se orgulhoso pela quantidade de jovens que participaram nas atividades. “Acho que incluir as crianças nas atividades é ótimo, acho que é o que faz isto tudo funcionar. Para os atletas que andam a viajar, serem capazes de retribuir às crianças, acho que é parte daquilo que gostamos de fazer e é nossa responsabilidade. Estou muito entusiasmado por ter aqui as crianças e partilhar o meu conhecimento”.

A iniciativa “Surf Salva” esteve presente

Para além das atividades desportivas, o último dia da Semana Europeia do Desporto ficou marcado pela realização de um Workshop de Técnicas Básicas de Suporte de Vida lecionado por formadores do Instituto de Socorro a Náufragos (ISN). A ação promovida pelo ISN em parceria com o Lidl, intitulada de “Surf Salva”, tem como objetivo ensinar procedimentos básicos de suporte de vida. De acordo com Manuel Saraiva, um dos formadores que se deslocou à praia da Arda, “Este tipo de iniciativas são extremamente importantes pois é uma forma de darmos a conhecer aquilo que se pode fazer no âmbito geral. Dos 10 aos 100 anos, o importante é passar a informação, pois fazer algo simples, num minuto, pode salvar uma vida. Montamos então uma estrutura na areia para que estes jovens tenham oportunidade de acompanhar o processo pós-resgate completo”, afirmou o formador.

A 1ª Bodyboard Performance Clinic deu início à prova

A etapa do Mundial de Bodyboard decorreu entre os dias 26 de setembro e 1 de outubro e foi organizada pelo Surf Clube de Viana em parceria com a APB e a Câmara Municipal da cidade. No primeiro dia decorreu no Centro de Alto Rendimento de Viana do Castelo uma conferência dedicada ao alto rendimento desportivo que deu voz a alguns dos melhores bodyboarders do mundo, como Mike Stewart, Pierre-Louis Costes, Iain Campbell e Sócrates Santana e que marcou o início da etapa em Viana do Castelo.

 Topo