Futsal

Nortada inicial empurra Santa Luzia para os 3 pontos

Uma primeira parte de luxo ajudou o Santa Luzia a regressar às vitórias (6-0) no Nacional Feminino de Futsal. Em Monserrate, a equipa de Manuel Ventura vencia por 4-0 ao intervalo, arrancando para a terceira vitória, em nove jornadas, na fase final da prova, ficando a um ponto do quinto lugar.

Após duas derrotas na fase regular da prova, diante do Nun´Alvares, o Santa Luzia tinha vencido em Fafe, na primeira volta da corrida ao título. Na Princesa do Lima, Mara abriu o marcador aos quatro minutos. O final do primeiro tempo foi arrasador das auri-negras com Bruna Marques (13m), Dani (16m) e Carla Vanessa (17m) a reduzirem a pó a réplica visitante.

A meio do segundo tempo, Alice Barros (30m) liquidou as aspirações do Nun´Alvares que viriam a sofrer a meia dúzia por Carla Vanessa, que bisava no encontro, perto do fim, afirmando-se como a goleadora da equipa. Na próxima jornada, além do derby da capital, as vianenses vão a Vermoim onde poderão saltar para o quinto lugar, em caso de triunfo.

No feriado da revolução, as vianenses do Castanheira quase ajudavam a turma de Paredes de Coura a fazer uma revolução. A missão era complicada – vencer por 5 golos de diferença – mas o póquer de Ana Catarina Passos e o golos de Mariana Caldas deu esperança que o golo de Lúcia Fernandes desfez, apurando a Juventude S. Pedro para a segunda fase da Taça Nacional, em detrimento do Castanheira, num grupo em que as 3 equipas terminaram com seis pontos.

No Nacional de Futsal da II divisão, o Âncora Praia perdeu (3-4) no pavilhão do Macedense. Aos 10 minutos, os alvi-negros perdiam por 3-1, contudo os golos de Almeida, Gomes e Loureiro restabeleceram a igualdade que só foi desfeita a dois minutos do fim. O ARCAS dos vianenses Márcio e Dylan perdeu (1-10) em Valpaços, equipa que está imediatamente à frente do Âncora Praia – defrontam-se na próxima jornada quando cinco pontos separam as duas equipas quando restam disputar seis pontos.

 Topo