Futsal

Pernas travam Santa Luzia

Num jogo intenso e muito disputado, o Santa Luzia perdeu na receção ao Sporting, por 4-6, na ronda inaugural da fase de apuramento de campeão nacional de futsal feminino.

A rotação de jogadoras durante os 40 minutos acabou por ser essencial para o desfecho do encontro. Se no Sporting o banco servia para refrescar pernas e recuperar fôlego, no Santa Luzia as ausências por lesão de Sofia e de Carla Vanessa, a cumprir castigo, fizeram-se sentir e, por exemplo, Dani fez todos os minutos.

Apesar da derrota Mara saiu “muito satisfeita com a prestação da equipa”. Destacando o “jogo muito intenso” em que se fez sentir as “muitas baixas” na equipa, a autora do último golo das vianenses ficou “muito satisfeita com a prestação da equipa” e prometeu, em declarações ao Desporto em Viana, que vão melhorar. “Se hoje fomos boas ainda vamos ser melhores e espero estar entre os quatro primeiros lugares no final. É um objetivo de todas”, assegura.

No seu primeiro jogo a orientar o Santa Luzia, Sérgio Dionísio considerou ao Desporto em Viana que a equipa teve uma “atitude brilhante”. Apesar de terem “trabalhado algo limitados” e de faltar “um bocadinho de maturidade” para aguentar a vantagem que tiveram no resultado, o técnico realça que a equipa tem “valor” e que por isso conseguiram “disputar o jogo desta forma, sempre olhos nos olhos”. “Demos uma boa imagem ao país do que se faz aqui em Viana do Castelo”, acredita.

Com esta derrota o Santa Luzia entra com o pé esquerdo na fase de apuramento de campeão. A próxima jornada é frente a Nun’Alvares, um adversário conhecido da primeira fase. Nesta ronda destaque para o empate entre Novasemente e Benfica a um golo. O Quinta dos Lombos venceu o Vermoim por 4-2 e o Golpilheira o próximo adversário das vianenses por 3-1.

Como foi o jogo

A partida começou equilibrada com o Santa Luzia a ser mais incisivo na hora de criar perigo e foi sem surpresa que aos quatro minutos Bruninha fez o 1-0, com um remate dos 12 metros. A vantagem durou apenas 40 segundos, com Débora a empatar, sozinha ao segundo poste. Aos 13 minutos, Dani voltou a colocar as aura-negras em vantagem, com um bico do meio da rua, mas o empate chegou antes do intervalo, por Morgado, aos 18.

Na segunda metade Bruninha aos 23 e Mara aos 25 colocaram o Santa Luzia a vencer por 4-2 e em êxtase o público afeto às vianenses. Mara saiu pela primeira vez aos 26 minutos de jogo e vinte segundos depois Débora reduziu para 4-3. Nos últimos dez minutos o cansaço fez-se notar e o Sporting deu a volta ao marcador. Queiroz aos 35 minutos empata o jogo e aos 37 Morgado coloca o Sporting pela primeira vez em vantagem no jogo. Sérgio coloca Dani a guarda-redes avançada mas a estratégia não surtiu efeito e Morgado completou um hattrick aos 38 minutos, fechando o jogo com 4-6 favorável às visitantes.

Ficha de jogo
Pavilhão Municipal de Monserrate

Equipa de arbitragem
Bruno Araújo, Fábio Silva e Filipe Torres (AFVC)

Santa Luzia FC
Sara, Dani, Mara, Bruninha, Maria. Jogaram ainda: Andrea e Natacha. Treinador: Sérgio Dionisio

Sporting CP
Vanessa, Morgado, Jéssica, Kika. Jogaram ainda: Margarida, Cristiana, Débora, Marisa, Joana e Queiroz. Treinador: Carlos Reis

Marcha do Marcador
1-0 Bruninha, 4min. 1-1 Débora, 5 min. 2-1 Dani, 13min. 2-2 Morgado, 18min. 3-2 Bruninha, 23min. 4-2 Mara, 25min. 4-3 Débora, 26min. 4-4 Queiroz, 35min. 4-5 Morgado, 37min. 4-6 Morgado, 38min.

 Topo