4 rodas

Rali Serras de Fafe com sabor agridoce para os vianenses

Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting

Fafe foi o palco do espetáculo que marcou o início do Campeonato de Portugal, Taça FPAK e Campeonato Norte de Ralis, provas que fazem as delícias daqueles que gostam do desporto motorizado e, mais concretamente, dos ralis. Em competição estiveram quatro vianenses com resultados distintos, Pedro Sá e Leandro Parreira acabaram a prova com razões para sorrir, já Hugo Magalhães e Nuno Carvalhosa não terminaram a corrida como pretendiam, ainda que por motivos diferentes.

Hugo Magalhães acompanhou o piloto Miguel Barbosa, dupla que conduziu um Skoda Fabia R5 pelos difíceis troços de Fafe. Durante a prova a equipa esteve debaixo das luzes da ribalta ao conseguir ser uma das equipas mais rápidas no campeonato Nacional de Ralis, lutando até ao fim pela vitória que não foi alcançada por apenas 1,7 segundos. Se no primeiro dia Hugo e Miguel terminaram na frente com uma curta margem de 1,5 segundos, na derradeira classificativa os homens ao comando do Skoda não conseguiram manter a vantagem. No final da prova o vianense não escondeu a frustração do desfecho do rali e assumiu mesmo que acabava orgulho da sua prestação, mas triste por não conseguir vencer na sua terra natal.

APA Motorsport

Pedro Sá e Leandro Parreira dupla inscrita na Taça FPAK de Ralis ao volante de um Mitsubishi Lancer Evo VIII conseguiu um bom resultado ao terminar as 11 classificativas na terceira posição. Sendo sempre uma das duplas mais rápidas durante a prova, a dupla vianense alcançou um lugar no pódio, o terceiro, o que perspetiva uma boa campanha para a restante época.

Nuno Carvalhosa correu pela primeira vez ao lado de Rúben Moura, o conjunto não terminou a prova da forma como gostaria pois, logo no troço inicial, a dupla composta por um vianense viu-se obrigada a abandonar a competição devido a uma falha mecânica no seu Peugeot 208 R2.

 Topo