Atletismo

Rocha deixa alta competição e segue Olímpico

DR

José Rocha anunciou que deixa o alto rendimento na época 2018/2019. “Não é o fim da atividade desportiva, porque isso é impensável, mas o ciclo da alta competição fecha aqui. A partir de hoje vou estar ligado de outra forma ao desporto.”

Ao Desporto em Viana o atleta com 42 anos fez uma retrospetiva de carreira e anunciou que na próxima época vai correr pelo Olímpico Vianense, mas “sem objetivos”. “Vou voltar a praticar o verdadeiro desporto, sem pressão dos resultados e os compromissos do clube”.

“As dificuldades e adversidades causadas por este desporto, fez de mim um homem diferente, foi uma escola de virtudes onde aprendi ensinamentos importantes para toda a vida.”

José Rocha começou a correr aos 16 anos no SIRA, de Aldreu. Com 18 anos transferiu-se para o CA Mazarefes onde no escalão de juniores bateu recordes regionais e fez pódios nacionais de 5000 e 3000m.

Logo no primeiro ano de sénior Rocha ficou em terceiro nos 3000m pista coberta. A primeira aventura no Sporting começou aos 20 anos mas “as coisas não correram bem” e “por falta de apoio” abandonou a competição durante sete anos. O regresso foi no Olímpico Vianense, passando depois pelos Cyclones onde se sagrou campeão nacional dos 3000m, em 2005. O Maratona Clube de Portugal contratou na temporada seguinte e por lá conquistou vários pódios nacionais de clubes, sagrou-se campeão europeu de corta mato de clubes. Foi também quatros vezes segundo lugar na distância de 5 mil metros e duas vezes campeão nacional.

Representou Portugal em cinco europeus de corta mato onde fez um terceiro, um sexto lugar e um 23.º lugar. No mundial de cross conseguiu um 41.º lugar. Em pista foi terceiro nos 10 mil metros no campeonato europeu de seleções e nos 5 mil metros nos Ibérico-Americano. Em 2009 foi terceiro na taça dos clubes europeus.

Em 2012 foi campeão nacional dos 10 mil metros. Venceu várias São Silvestre. Em 2015 regressou ao Olímpico Vianense, onde venceu a meia maratona Manuela Machado. Nos últimos dois anos correu ao serviço do Sporting.

 Topo