Ciclismo Formação

Tensai Ambiental Santa Marta azarada no Prémio Cidade de Fafe

Jorge Almeida (ACM)

Na primeira prova de ciclismo de estrada de juniores da Associação de Ciclismo do Minho, a equipa da Tensai Ambiental Santa Marta não alcançou os resultados desejados. Uma queda colectiva e os furos afastaram os vianenses da discussão do Prémio da Cidade de Fafe, que decorreu no passado Sábado.

Pedro Silva, da equipa barcelense da Seissa, foi o mais rápido a percorrer as estradas dos concelhos envolvidos, com o tempo de 2:10:06. O melhor vianense em prova foi Carlos Barreiros, 20º classificado, com o tempo de 2:15:30, mais 3m42s que o vencedor. Ainda em representação das cores da Tensai Ambiental Santa Marta, Eduardo Amorim (2:15:30) classificou-se em 23º; Bruno Brito foi 27º (2:20:03); Marco Marques foi 32º (2:22:17); Hugo Cunha ficou em 33º (2:22:17); Rafael Salgueiro em 36º (2:22:17) e Henrique Martins foi 60º (2:36:24).

Por equipas, a Tensai Ambiental Santa Marta classificou-se no sétimo posto entre as nove presentes.

Apesar dos condicionalismo durante a prova, os santamartenses tentaram voltar a colocar-se na frente da corrida, mas a velocidade imposta pela frente (média de 42km/h) impediu que pudessem atingir o objectivo.

A prova contou com 85,4 quilómetros, com passagens pelos concelhos de Fafe, Póvoa de Lanhoso e Guimarães, sendo pontuável para a Taça do Minho de Ciclismo de Estrada – Arrecadações da Quintã e teve a presença de cerca de 80 atletas.

O Prémio de Ciclismo Cidade de Fafe foi organizado pela Associação de Ciclismo do Minho com o apoio da Câmara Municipal de Fafe, Federação Portuguesa de Ciclismo, Arrecadações da Quintã, Cision, Raiz Carisma – Soluções de Publicidade, POPP Design, Salvaggio, Controlsafe, Fafefuel, Guimarpeixe, Jopedois, Auto Terror, Polícia Municipal de Fafe e Bombeiros Voluntários de Fafe.

 

 

 Topo