Motores

Vianense João Alves alcança o pódio a competir em casa

JCP 1960 Fotografia

Na sétima edição do rali de Viana do Castelo, a dupla Vianense João Alves e José Rodrigues alcançou um notável terceiro posto da geral. Nesta prova assistiu-se a uma luta renhida entre as duplas de João Alves e José Rodrigues e de Pedro Lago Vieira e Paulo Leones pelo bronze, mas, no final, acabou por ser conquistado pelo JJ Team por uma diferença de apenas seis segundos.

Os vencedores da competição foram André Cabeças e Bino Santos, dupla que trouxe desde Cascais o seu Mitsubishi Lancer Evo IX até ao mais alto lugar do pódio, e que carimbou a vitória em Viana do Castelo. A ocupar a segunda posição ficou Vítor Pascoal e Ricardo Faria ao comando do Porsche 997 GT3.

Logo no primeiro dia de competição ficaram de fora dois concorrentes de peso, um deles Luís Delgado que, com os problemas numa rótula no Citroen C2 S1600, foi obrigado a abandonar a prova. O outro foi Carlos Fernandes que, com problema de transmissão no Mitsubishi Lancer Evo VI, também saiu de cena logo no início do rali. Este ainda conseguiu regressar no Domingo, apesar de ter ficado afastado da luta.

Vítor Pascoal venceu com o seu Porsche o Campeonato Nacional de Rali GT enquanto Fernando Peres, depois de um mau início, ainda conseguiu conquistar o triunfo no Desafio Kumho Portugal.

Quanto à competição de clássicos, Joaquim Bernardes e Laurinda Alves levaram a melhor ao comando do seu VW Golf GTI MKI, e na Copa 106 foi Fábio Paço e Pedro Moura que ergueram o título de vencedores.

Esta edição do Rali ficou marcada, também, por um trágico acidente que vitimou um espetador. Por esse motivo, no sábado, a comissão organizadora suspendeu temporariamente a prova, que voltou à estrada no domingo para o derradeiro dia de competição.

Na sequência do atropelamento mortal a cerimónia de entrega de prémios ocorreu sem a habitual festa do champanhe, contudo os pilotos juntaram-se todos no pódio para um minuto de silêncio em memória do amante de quatro rodas falecido no dia anterior.

 Topo